Nossos Posts Recentes

Categorias

Insta: @nathdonato

Papinha caseira: investimento barato na saúde do seu filho


Você sabia que pode gastar pelo menos OITO vezes mais no mês comprando papinha industrializada para o seu filho? Ou que com menos de 40 reais você consegue fazer um panelão de papinha que rende porções para 1 mês inteiro?

Eu já escrevi algumas vezes sobre as diferenças entre a papinha caseira e a papinha industrializada (veja esse artigo: https://www.chefedepapinha.com.br/…/Pode-dar-papinha-indust…), mas hoje queria ressaltar outro ponto a FAVOR da papinha caseira, em tempos de "crise financeira": O CUSTO.

Usando preços pesquisados hoje nos principais supermercados, o custo para produzir um sabor de papinha caseira é de pouco mais de R$ 35, com uma receita que renderia pelo menos 60 potinhos de 125 gramas de papinha cada um. Ou seja, em torno de R$ 0,60 cada porção.

Já uma papinha industrializada, para a mesma fase e do mesmo tamanho (6 a 7 meses, 120g), sai a quase R$ 5 a unidade.

Ou seja, com o que você gastaria comprando 8 potinhos daquela papinha industrializada mais conhecida, você abastece a geladeira com batata, cenoura, músculo bovino, ervilha, alface, macarrão, cebola, alho e cheiro verde para fazer uma papinha saborosa.

Claro que essa conta não leva em consideração que você faria mais de um sabor para seu filho consumir no mês e nem inclui outros gastos como gás, energia elétrica. Em relação à papinha industrializada, também optei por fazer a comparação com aquelas mais famosas vendidas nos supermercados e drogarias, e não as papinhas artesanais de empresas especializadas, justamente porque elas tendem a ser mais baratas.

O intuito é somente desmistificar a ideia de que aquela papinha do pote de vidro é "bem baratinha" e não pesa no orçamento. Pesa sim. E pesa MUITO.

Eu entendo que hoje falta tempo para cozinhar todos os dias para o seu bebê. Mas quem disse que você precisa fazer papinha todo dia? Você pode muito bem se organizar para cozinhar aos finais de semana e congelar. Aí, além do custo, o tal argumento de "falta de tempo" da indústria também perde força.

E quem ganha é o seu bebê, que consome uma comida bem mais nutritiva, com cara e gosto de comidinha de verdade, algo fundamental para o seu bebê conhecer no processo de introdução alimentar.

Emergências acontecem e isso não significa que você nunca vai comprar uma papinha pronta - a própria Chefe de Papinha tem uma linha de papinhas sob encomenda para ajudar nesses momentos. Mas eu te convido a fazer as contas a próxima vez que você pensar em comprar determinadas papinhas em "cartela".

E para quem precisa de ajuda para aprender a fazer as papinhas do bebê, a Chefe de Papinha tem cursos presenciais feitos no nosso espaço ou na sua casa, e em AGOSTO lança o curso online.

Invista na papinha caseira. Vale a pena. :)

© BY CHEFE DE PAPINHA. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

CHEFE DE PAPINHA É UMA MARCA REGISTRADA NO INPI.